As principais causas dos problemas de ereção

¿Problemas de ereção? É comum que os homens precisem de mais sexo do que as mulheres. Que está na genética deles, que não podem evitar e sentem-se sempre como se estivessem. É por isso que “não estar à altura”, não satisfazer um amante e mesmo “não levantar” no momento da ação pode tornar-se o seu pior pesadelo e um dos seus principais problemas de erecção.

Por tantas razões é necessário estar informado sobre tudo e, o mais importante, não criar um drama sobre o assunto. As causas podem ser as mais diversas, por isso pode não ser tão preocupante como parece no início.

A maioria dos casos depende, em grande maioria, da pressão que o próprio homem exerce sobre si mesmo para satisfazer as expectativas, ou da reação da outra pessoa com quem ele pretendia ter relações sexuais.

problemas ereccao triste

Isto é de grande importância, pois depende se o evento em si é menos ou mais traumático. Portanto, nestas situações, é preciso saber como reagir. O melhor é manter a calma e não mostrar desapontamento. Enfatizar que não tem problema, e tentar ajudar o homem a relaxar e excitá-lo através dos seus próprios métodos, muito embora alguns só queiram ficar sozinhos e fugir da situação, pois estão muito envergonhados. É algo que eles não controlam, e como em muitas situações das mais inesperadas, o pênis fica ereto, seja em público ou recém-desperto, em outras, no entanto, não se levanta, mesmo que eles queiram.

Principais motivos para problemas de ereção 

A primeira coisa a saber é que a ereção é produzida por uma montagem entre o cérebro, nervos, hormônios e vasos sanguíneos. Portanto, se algum destes componentes não estiver certo, o resultado não é o mesmo.

Em primeiro lugar, uma das causas possíveis pode ser derivada de razões psicológicas. Algo tão simples como stress, ansiedade ou rotina podem afetar muito este tipo de situação. É por isso que é importante relaxar, respirar e desfrutar do momento.

Em segundo lugar, pode ser devido a algumas doenças. Estas incluem algumas doenças cardíacas, pressão arterial, diabetes e até doenças da tiróide. É por isso que é muito importante consultar profissionais médicos e monitorar regularmente a sua própria saúde. Assim como cuidar de si mesmo para evitar a possível propagação de doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Maus hábitos e uso de drogas, incluindo o abuso de álcool ou cocaína Uma ou duas bebidas podem até ser benéficas, pois desinibem e fazem você perder um pouco da sua vergonha. Mas quando eles se somam e você perde a noção do tempo e o controle sobre seu próprio corpo, isso é contraproducente. Porque não gostas muito nem te lembras disso no dia seguinte. É por isso que muitas, embora mais mulheres, acordam depois de noites de festa com companhia inesperada e só querem se livrar dela para não se verem de novo.

ETS problemas ereccao

Outra razão principal é a disfunção erétil. Mas isto geralmente ocorre em homens mais velhos e estes são casos que devem ser verificados e tratados por profissionais.

Soluções possíveis

Existem muitas maneiras diferentes de resolver os principais motivos para os problemas de ereção. Além do já mencionado ir aos médicos e fazer check-ups regulares.

Outras recomendações para evitar estas situações :

  • Procure paz e sossego, assim como um equilíbrio interior, uma rotina longe do stress e da ansiedade. Mesmo que seja necessário, você pode ir a especialistas como psicólogos, que podem ajudar a desbloquear e liberar toda a pressão acumulada.
  • Realizar exercícios cardiovasculares e de Kegel regularmente. Aqueles que ajudam a melhorar a circulação sanguínea e ativam o coração.  Além de exercitar os músculos na zona genital. Estes estão encarregados de apoiar os órgãos internos, ajudar a ereção e até mesmo prolongá-la e controlar a micção.

Em qualquer caso, não deve ser uma preocupação excessiva, pois pode surgir por várias razões, umas mais graves do que outras. Mas se você levar uma vida saudável e tomar alguns cuidados, é muito provável que o problema não apareça. Mesmo assim, e apesar de tudo, isso não deve ser motivo de preocupação ou desconforto excessivo. Só incentiva a criatividade e a originalidade quando se trata de prazer sexual, tanto no dar como no receber. É claro, sem esquecer de continuar monitorando sua própria saúde e cuidados com a ajuda de profissionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *